NOSSOS VÍDEOS

domingo, 27 de maio de 2018

Governo cede e aguarda fim da paralisação dos caminhoneiros

O governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro
Paralisação dos caminhoneiros na Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro
governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. A proposta foi anunciada por volta das 21h45 deste domingo (27) pelo presidente Michel Temer, que fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. Isso equivale, segundo o presidente, a zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto. 

O governo federal concordou ainda em eliminar a cobrança do pedágio dos eixos suspensos dos caminhões em todo o país, além de estabelecer um valor mínimo para o frete rodoviário. Essas determinações deverão constar em medidas provisórias a serem publicadas em edição extra no Diário Oficial da União. A expectativa do Palácio do Planalto é que a paralisação, que já dura sete dias e causa enormes prejuízos e transtornos em todo o país, termine logo.
"Os efeitos dessa paralisação na vida de cada cidadão me dispensam de citar a importância da missão nobre de cada trabalhador no setor de cargas. Durante toda esta semana, o governo sempre esteve aberto ao diálogo e assinamos acordo logo no início. Confirmo a validade de tudo que foi acertado". Temer disse que, nas últimas 48 horas, o governo avançou na negociação dessas novas medidas. "Assumimos sacrifícios sem prejudicar a Petrobras." Temer disse que o congelamento valerá por 60 dias e, a partir daí, só haverá reajustes mensais. "Cada caminhoneiro poderá planejar seus custos. Atendemos todas as reivindicações", afirmou. 

Carta de governadores ao Planalto critica política de preços da Petrobras

A crise  provocada pela greve de caminhoneiros piorou a situação política do governo federal, que foi duramente criticado em carta aberta, divulgada ontem e assinada por parte dos governadores de estados na área da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Os líderes dos executivos estaduais de Bahia, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Piauí, Sergipe, além de Minas Gerais, que também faz parte da Sudene, bateram forte contra a política de preços da Petrobras e contra o pedido do presidente Michel Temer para que renunciem ao ICMS sobre o diesel.
Na carta, os políticos, todos de oposição ao Planalto, não amenizam o tom das críticas, ao chamar de “incoerente” a proposta de retirada da Cide da parcela de recursos destinada à manutenção das rodovias. Os executivos lembram, no texto, que essa é uma garantia constitucional, executada por estados e municípios da Federação. 
“Consideramos absolutamente inaceitável a tentativa do governo federal de transferir para os estados a responsabilidade pela solução de uma crise que foi provocada pela União, através de uma política de preços de combustíveis absurda, perversa e irresponsável. Colocar sobre os Estados Federados o ônus de qualquer redução da alíquota sobre os combustíveis – além de ser desrespeitoso – é atitude inconsequente e, por isso mesmo, inaceitável”, afirmam, complementando:
“Em um momento de tão grandes dificuldades, como o que vem sendo vivido por todo o povo brasileiro – constantemente sacrificado pelos efeitos adversos de crise econômica e política sem precedentes – é absolutamente incompreensível que o governo federal autorize a Petrobras a adotar uma política de preços direcionada, unicamente, à obtenção de lucro e ao acúmulo de receitas”.



MORRE A JOVEM MICHELE AOS 19 ANOS - ELA É ESPOSA DE JOÃO BATISTA, MOTORISTA DA PREFEITURA DE OROBÓ

Faleceu ontem aos 19 anos, a jovem Michele da Silva Cunha, que por ironia do destino,  faria aniversário hoje. Seu corpo será velado na casa de familiares na Vila da Cohab, de onde sairá nesta secunda-feira às 8h, para ser sepultada no Cemitério de Orobó.

A mesma passou mal, foi socorrida para o hospital de Orobó, onde veio a óbito.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, close-up
Michele e seu esposo João Batista, motorista prestador de serviços na prefeitura de Orobó

sábado, 26 de maio de 2018

PE: serviços essenciais de Pernambuco são mantidos, garante centro de comando

Na madrugada deste sábado (26), foi possível transportar combustível para abastecer veículos da Segurança Pública, Saúde e limpeza urbana
Aula inaugural do curso de formação das Polícia Civil e Científica
Aula inaugural do curso de formação das Polícia Civil e CientíficaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Um dia após o governador Paulo Câmara decretar estado de emergência pela crise dos combustíveis, o Centro de Comando e Controle Regional (CICCR) garantiu que os serviços essenciais de Pernambuco sejam mantidos. Após negociações entre o Governo e a categoria dos caminhoneiros, na madrugada deste sábado (26), foi possível transportar combustível para abastecer veículos da Segurança Pública, Saúde e limpeza urbana. 

Após as negociações, um comboio de caminhões-tanque foi montado para transportar combustível aos postos distribuídos no Recife. Os veículos foram escoltados por carros dos batalhões de área, unidades especializadas da Polícia Militar, como policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam), do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) e da Radiopatrulha, e do Corpo de Bombeiros.

O secretário da SDS, Antonio de Pádua, explicou que o Estado tem feito grande esforço para manter o policiamento ostensivo nas ruas, o salvamento por parte dos bombeiros, as investigações policiais, a assistência médica e hospitalar, remoções de emergência, a coleta de lixo e a mobilidade das pessoas. Segundo o secretário, a situação em Pernambuco está sob controle, mesmo diante das dificuldades.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Caminhoneiros seguem bloqueando o porto, diz Suape

Resultado de imagem para caminhoneiros em suape
Os caminhoneiros permanecem impedindo o acesso de veículos a Suape, em Ipojuca, Grande Recife, mesmo após liminar determinando a liberação da via, informou a assessoria do Porto Organizado de Suape. Segundo a assessoria, os manifestantes já foram informados da decisão judicial.
A liminar foi lida por oficial de Justiça na quinta-feira (24). A informação recebida era de que os caminhoneiros afirmaram que não mais interviriam no transitar de veículos. Entretanto, até esta manhã os caminhões não foram retirados da entrada da área portuária.
Um novo relatório da situação de Suape deve ser emitido ainda nesta manhã. Uma média de 1,6 mil a 2 mil caminhões (70% de combustíveis) estão deixando de ter acesso ao porto. Atualizado às 10h30

Supermercados: secretário orienta população a não comprar exageradamente

Durante fiscalização, Pedro Eurico, da secretária de Justiça e Direitos Humanos, informou que há produtos para todas as pessoas
greve dos caminhoneiros, que chegou ao quinto dia nesta sexta-feira (25), ainda não provoca desabastecimento de alimentos no Grande Recife. O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, durante fiscalização em supermercados e feiras, orientou a população a não comprar exageradamente. "Alguns podem mais e querem comprar mais. Não há necessidade. Tem produto em quantidade para todas as pessoas", comentou Eurico.

Nesta manhã, a pasta e o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE) realizam fiscalizações em supermercados feiras do Grande Recife. "Estamos no Atacadão de Olinda e a preocupação aqui a batata. A gerência informou que as companhias foram obrigadas a segurar as batatas, que vêm de Minas Gerais e Bahia", comentou o secretário.

Fiscalização do Procon-PE

A fiscalização acontecerá ao longo do dia em todas as redes. O Procon-PE analisa a qualidade e os preços dos alimentos. O secretário informou que, até o momento, a fiscalização não encontrou produtos com preços fora do padrão. O secretário garantiu que ainda não há necessidade de limitar a quantidade de produtos vendidos. "Não há necessidade disso porque os supermercados estão mostrando estoque normal", finalizou.

BANDIDOS, EXPLODEM CAIXAS DO BANCO DO BRASIL EM BREJO DA MADRE DE DEUS



Bandidos fortemente armados explodiram, no início da madrugada desta sexta-feira (25), caixas eletrônicos do Banco do Brasil em Brejo da Madre de Deus.

Segundo relatos de moradores, o bando chegou em pelo menos dois veículos. Rajadas de tiros foram disparados.

Ainda não é possível saber sobre a quantidade de dinheiro levada pela quadrilha.

A ação durou cerca de 40 minutos. Conforme os relatos, os bandidos fugiram pela PE 145, no sentido Jataúba, possivelmente usando rotas de fuga para o estado da Paraíba.

Algumas pessoas foram feitas reféns durante a ação e posteriormente foram liberadas. Ninguém ficou ferido.
Do Blog do Ney Lima

quinta-feira, 24 de maio de 2018

FALTA DE COMBUSTÍVEL EM OROBÓ E REGIÃO FAZ PREFEITURA SUSPENDER AULAS NESTA SEXTA-FEIRA

O prefeito do município de Orobó, Cléber Chaparral comunica que em decorrência da falta de combustível no posto licitado pela prefeitura, e não dispondo de combustível suficiente para o transporte escolar, nesta sexta-feira 25/05, as aulas continuam suspensas.

Frutas e verduras em falta nos supermercados

Apenas produtos que são possíveis estocar têm a situação normalizada
Supermercados de todo o Brasil começam a sentir os efeitos da greve dos caminhoneiros. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), alguns estados já sofrem com o desabastecimento de alimentos, que poderá se estender para todo o País, nos próximos dias, se algo não for feito. Em Pernambuco, de acordo com a Associação Pernambucana de Supermercados (Apes), as consequências já podem ser percebidas em produtos como frutas e verduras.
Produtos perecíveis são mais suscetíveis ao desabastecimento

Segundo o presidente da Apes, Edvaldo Santos, a situação ainda não é alarmante, mas pode se tornar caso a greve dure mais dias. “O que é possível estocar, os supermercados estão bem abastecidos. Porém, quanto aos hortifrutis, que são mais perecíveis e chegam quase que diariamente, a situação pode se complicar”, afirmou.

PREFEITO DE OROBÓ CLÉBER CHAPARRAL, VAI À BRASÍLIA EM BUSCA DE RECURSOS PARA O MUNICÍPIO


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
O prefeito do município de Orobó, Cléber Chaparral, acompanhado da 1ª dama Senhora Juliana Barbosa, do vice-prefeito Biu Abreu e do vereador David Aguiar, foram à Brasília em busca de recursos na área da saúde e educação. A comitiva foi recebida pelo deputado federal Fernando Filho e pelo ex-ministro da educação e deputado federal Mendonça Filho.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Biu Abreu e Cleber Chaparral, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A comitiva oroboense participou da Marcha em Defesa dos Municípios
A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Biu Abreu, pessoas em pé e terno
A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Biu Abreu, pessoas sorrindo, terno
A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Biu Abreu, pessoas em pé
O EVENTO

A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização realizada anualmente desde 1998, e se tornou o maior evento político do Brasil, contando com a presença de mais de 8 mil participantes: prefeitos, secretários municipais, vereadores, senadores, governadores, parlamentares estaduais e federais, ministros e presidentes da República. Ao longo dos quatro dias deste congresso, desafios comuns dos Municípios são debatidos com os diferentes atores políticos a fim de que, gradualmente, as imperfeições de nossa Federação sejam corrigidas.